terça-feira, 17 de julho de 2018

Vale a Pena Se Arriscar em "Banquinho" Para Ganhar 1% ao Mês LÍQUIDO?

Rendimentos de 1% ao mês
 
Em tempos de vacas magras na renda variável muitos olhos começaram a se virar para a renda fixa. Obviamente não temos mais aquele cenário de vacas gordas na renda fixa semelhante ao tempo em que a Taxa Selic estava nas alturas, porém, vira e mexe aparecem algumas boas "oportunidades" que são prontamente alardeadas pelas corretoras buscando ganhar os corações de seus clientes mais conservadores ou daqueles mais machucados com as recentes pancadas que a bolsa tem dado.

Digo isso pois recebi recentemente um e-mail da minha corretora com o seguinte título: "Quais são seus planos para 7 anos?". O indicativo é para que o cliente faça um plano financeiro de longo prazo e apresenta, para tanto, um CDB prefixado com vencimento em 7 anos e com remuneração de 14,35% ao ano, emitido pelo Banco Máxima.

Descontando-se os 15% de imposto de renda incidente sobre os rendimentos, teríamos esse CDB pagando uma remuneração líquida de 12,20% ao ano, durante 7 anos. Isso equivale a um rendimento de cerca de 1% ao mês líquido! Vejam só o tão famoso "1% ao mês" de volta!

Não há dúvidas que trata-se de um ótimo rendimento e com a oportunidade de "travá-lo" por 7 anos, garantindo excelentes ganhos ao fim do período. No entanto existe um pequeno porém que muitos investidores acabam passando batido: a saúde financeira do banco emissor.

De acordo com o site Banco Data, os resultados do Banco Máxima, emissor do CDB supracitado, não estão lá essas coisas, conforme imagem abaixo:

Banco Máxima
Será que vale a pena emprestar dinheiro para um banco que parece que não vai muito bem das pernas?

Advogando a favor da causa eu diria dois pontos:

1. É difícil um banco quebrar no Brasil: segundo reportagem do Valor Econômico, entre 2008 e 2015 apenas sete bancos quebraram, porém é algo possível sim de acontecer, vide o caso recente do Banco Neon.

2. Existe a garantia do FGC: investimentos de até R$ 250 mil numa mesma instituição financeira são cobertos pelo FGC. Portanto se o banco quebrar e você tiver investido nele um montante inferior a essa quantia, você será restituído. Até onde sei o FGC funcionou muito bem no caso recente da quebra do Banco Neon.

E ai, será que vale a pena se aventurar num investimento desses ou é muita dor de cabeça para ganhar uns trocados a mais?

Abraços,

Senhor Ministro

20 comentários:

  1. claro que vale. Hoje muito difícil tirar 1% com outros investimentos. Claro que tem que levar em conta a falta de liquidez. Mas dai basta organizar o fluxo de caixa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Anon,

      A rentabilidade é ótima, o problema é a falta de liquidez por um período muito grande, muito menos por questão de fluxo de caixa, mas por uma eventual mudança mais significativa da economia...

      Abraços!

      Excluir
  2. Nas minhas análises também uso o Banco Data e olho também os índices de basileia e imobilização. O basileia do Máxima esta péssimo, 2%, sendo que o mínimo recomendado pelo Banco Central é 11%. O banco central fica de olho nesses bancos que estão muito mal, logo, se quebrar não será novidade.

    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Messier,

      O Banco Máxima está ruim em vários índices, eu trouxe os lucros por achá-los mais representativos. Com certeza é um banco que corre risco significativo de quebrar.

      Abraços!

      Excluir
  3. O pior na minha opinião é ficar com capital engessado por 7 anos, prefiro ganhar menos no TD ou CDB com liquidez e ter liberdade pra sair quando eu quiser.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo Total Block,

      Sete anos é um prazo bem longo, muita coisa pode mudar tanto no cenário macroeconômico como na nossa vida pessoal, é complicado travar o dinheiro e travar taxa por tanto tempo.

      Por outro lado, CDB com liquidez a rentabilidade é bem mais baixa e TD, se você pegar um IPCA ou Pré, corre riscos de perder dinheiro se precisar de liquidez antes do vencimento.

      Abraços!

      Excluir
  4. Acredito que existem alguns bancos pequenos/médios, que tem lucro nos últimos anos e bom índice de Basileia, Isso reduz o risco, mas a rentabilidade continua boa.

    Fiz um post falando sobre investimentos em bancos pequenos e o FGC há uns tempos atrás.

    Abraço e bons investimentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza DIL,

      Tem banco pequenos/médios com bons números, como o mercado bancário brasileiro é muito concentrado temos uma tendência a olhar para bancos médios com algum preconceito, mas tem alguns muito bons sim, só não é o caso do Banco Máxima rs

      Abraços!

      Excluir
  5. Valer vale a pena sim, 1%am liquido é show mas preso por 7 anos com uma economia como está...será que a inflação não volta lá pra 10% logo e poe esta rentabilidade nominal no chinelo? O que realmente conta é a rentabilidade real (em inflacao) no final das contas...eu não iria all-in mas com certeza aplicar um percentual coberto pelo FGC vale a pena! Abcs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é AA40,

      Sete anos é muito tempo, e travar taxa num prazo como esse tem seus riscos, principalmente esse que você citou de a inflação disparar e 14% ao ano passar a ser uma rentabilidade baixa. Isso é Brasil né, tudo é possível!

      Abraços!

      Excluir
  6. Olá SM,

    Eu acho que vale. Coloque uma quantidade razoável que não vai afetar muito a carteira. Agora sobre ficar preso por muito tempo é ruim se a economia ficar pior que agora, caso contrário não é ruim para nós que investimos a longo prazo.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Cowboy,

      A rentabilidade é muito boa, mas tem essa questão de a economia piorar e essa taxa acabar ficando pouco atrativa, mas também acho que vale colocar alguma coisa, certamente é melhor que poupança!

      Abraços!

      Excluir
    2. Também dá para pensar que se a economia piorar a Bolsa vai cair e muito então aqueles 12%aa líquidos serão um alento !

      Excluir
    3. Verdade AA40, um produto com essa rentabilidade seria um bom "hedge" para uma situação calamitosa na renda variável!

      Excluir
  7. passei a seguir o Buy and hold fico longe de especulações.
    isso só faz o patrimônio girar e o tempo não volta ( O FGC não devolve as oportunidades perdidas).

    abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pô Scant, um investimento travado por 7 anos é um baita buy and hold. Lógico que após o vencimento será necessário se mexer um pouco para realocar os valores resgatados.

      Quanto ao FGC, no caso do Banco Neon ele começou a restituir os clientes em menos de 1 mês após a liquidação do banco, não me parece um custo de oportunidade tão alto assim. Entretanto não sei dizer se tamanha tempestividade é praxe do Fundo.

      Abraços!

      Excluir
  8. Fala ministro, É uma situação meio complicada, eu particularmente não acho q valha a pena. O retorno é muito pouco para um risco enorme. Acredito que existem ferramentas mais eficazes para aumento de patrimonio e renda, mas se for uma parcela pequena do patrimônio, com risco calculado pode ser. De qualquer maneira EU não acho q valha a pena, pois dinheiro é bom, mas sossego é melhor ainda.
    Um abraço,
    Investidor doméstico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E ai ID,

      De fato o risco é significativo. Embora haja a cobertura do FGC ninguém quer pagar pra ver né!

      Como você disse, vale a pena considerando uma estratégica diversificada, tendo ciência dos riscos envolvidos.

      Abraços!

      Excluir
  9. O que pega pra mim é liquidez.. eu nunca investiria nisso com a vida que tenho hoje.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E ai Intendente,

      Bom, um investimento como esse, sem liquidez por 7 anos, é realmente para aquele dinheiro que você não vai precisar por muito tempo. É para a parcela do patrimônio destinada ao longo prazo.

      Para eventuais despesas emergenciais de curto prazo, ou aquisições de médio prazo, existem outros investimentos mais apropriados.

      Abraço!

      Excluir