quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Atualização Patrimonial Outubro/2017: R$ 223.402,04 (+ R$ 4.227,25) e Rentabilidade (- 0,15%)



Então chegamos a mais um fechamento mensal, e mais um mês na conta da corrida pela independência financeira.

Não sei se algum leitor mais assíduo percebeu, mas em outubro eu não fiz nenhuma postagem, motivos: um misto de trabalho um pouco mais puxado e preguiça. Mas novembro será diferente, pelo menos assim espero.

Uma coisa que achei interessante nesse mês sem postagens é que, como não escrevi, o blog não ficou em evidência nos blogrolls dos parceiros da blogosfera, atraindo menos visitas originárias de outros blogs, o que levou o Google a ser o meu maior fornecedor de tráfego em outubro. Não foi nada de outro mundo mas é legal ver os acessos orgânicos crescendo.
Ademais, estou com um mega questionamento me atormentando há algum tempo que envolve aposentadoria e independência financeira, e pretendo fazer um post sobre isso para coletar opinião dos amigos leitores. Preciso tomar uma decisão até o próximo ano e que vai impactar a minha aposentadoria lá na frente (daqui uns 20 a 30 anos), e por enquanto estou bem perdido! Mas isso será assunto para um post vindouro.

Como eu disse, no trabalho está um pouco puxado, e vai ficar mais ainda a partir de novembro, quando se iniciará um novo projeto em que estou alocado. A expectativa é trabalhar novembro e dezembro intensamente nesse projeto para deixar tudo 90% pronto até o fim do ano. Uma novidade interessante é que pretendo executar parte desse projeto em regime de home office, o que será uma experiência nova pra mim....vamos ver se consigo me adaptar. A princípio penso em ter o dia inteiro livre e trabalhar a noite/madrugada. Vamos ver na prática se isso funcionará.

Agora vamos falar do que interessa: MONEY!

Esse mês eu tomei uma decisão e espero que tenha sido acertada em relação ao meu imóvel (que como relatei antes, o inquilino desocupou esse mês de outubro). Poucos dias após o imóvel estar anunciado novamente para locação, surgiu uma pessoa interessada e fez uma proposta. Vamos ao dados: eu aluguei esse imóvel por R$ 950,00 em 2015, o aluguel, com os reajustes, já estava uns R$ 1.100,00.

O imóvel está anunciado por R$ 1.000,00 e, como eu disse, surgiu uma pessoa interessada, mas oferecendo uma proposta de alugar por R$ 800,00. Segundo a imobiliária, tal pessoa disse que esse era o valor máximo que ela teria condição de pagar e não teria negociação. 
Fiquei tentado em aceitar, para garantir logo o aluguel e evitar ficar arcando com os custos do imóvel (principalmente condomínio), entretanto não gostei dessa postura de a pessoa chegar com uma proposta jogando o preço lá embaixo e não aceitar nenhuma negociação. O imóvel é meu e quem dita as regras sou eu. Informei para a imobiliária que o mínimo que eu aceitaria era R$ 900,00. Considerei ainda que se o inquilino chega com essa "marra" e com orçamento apertado, as chances de inadimplência são maiores. Espero que eu tenha tomado uma decisão acertada.

Falando agora da carteira....

O aporte do mês foi de R$ 4.000,00, totalmente destinado à renda variável. Por enquanto comprei MDIA3 (que deu uma caída violenta antes da divulgação do balanço, aproveitei para comprar mais um punhado de ações pois trata-se de uma empresa que acredito muito) e FIGS11 (papel polêmico, que tem renda garantida até abril/2019, mas que resolvi apostar nele). Ainda sobraram uns R$ 1.000,00 na conta da corretora que decidirei como alocar nos próximos dias. Com a divulgação dos balanços do 3º trimestre o mercado está meio eufórico, vou esperar dar uma acalmada.

A carteira ficou então da seguinte forma:


 As carteiras de Ações e FIIs ficaram da seguinte forma:





Em relação à rentabilidade, como se pode ver no título do post, o meu mês de outubro foi negativo, rentabilidade de - 0,15%. Principal vilão da rentabilidade foram os títulos públicos, conforme demonstrativo seguinte:


 Observa-se que as ações também tiveram uma leve queda, enquanto os fundos imobiliários continuam voando.

A rentabilidade geral da carteira ficou da seguinte forma:


 É o segundo mês nesse ano que fecho negativo, mas esse vai e vem faz parte do mercado. Além disso, foram quedas leves, nada que possa gerar qualquer preocupação ou alarme, pelo menos por enquanto.

Por enquanto é isso, agora em novembro pretendo escrever um pouco mais, já tenho alguns assuntos interessantes em mente!

Abraços

Ministro

18 comentários:

  1. Não some Ministro! Arranja um tempinho pelo menos para dizer um olá! Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Bufunfa!

      Pretendo escrever mais, tirei um mês sabático kk

      Abraços!

      Excluir
  2. Em frente, Ministro. Outubro não foi dos melhores meses, mas você está bem amparado na sua carteira de RV, tanto ações quanto FIIs.

    Quanto a home office, sei que é uma novidade no Brasil, mas pra mim não funciona. Simplesmente não tenho disciplina para trabalhar de casa. Boa sorte nesse projeto! Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu DM!

      Também acredito que os papéis que tenho tem bons fundamentos e certamente irão compensar rentabilidades negativas momentâneas.

      Em relação ao home office, de fato estou receoso que não funcione justamente por essa questão da disciplina, mas estou ansioso para fazer, afinal, só na prática que vou descobrir se rola ou não.

      Abraços!

      Excluir
  3. Sua carteira está muito boa. Antes d eontem ainda entrei em outra subscrição de MFII. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Gari!

      Realmente a oferta pública de MFII aparenta ser uma excelente oportunidade, tanto pelo potencial do fundo, quanto pela cotação, em que é possível pagar R$ 110,00 por um papel que está valendo R$ 130,00.

      Abraços!

      Excluir
  4. Olá Ministro,

    Seja bem-vindo de volta. Eu percebi que você sumiu.

    Aqui na minha cidade o aluguel caiu em comparação de 2014 a 2017.

    Seu patrimônio está indo muito bem. Eu tive mais quedas mensais do que você, tive 4, porém os aumentos foram bons.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E ai Cowboy!

      De fato na cidade onde tenho esse imóvel os aluguéis também caíram, acho que é uma coisa nacional, mas mesmo assim ainda achei a oferta que o a pessoa ofereceu meio ousada demais, rebaixando o meu imóvel (no qual fiz algumas boas melhorias). Espero que eu não me arrependa.

      Realmente as quedas fazem parte do percurso de quem tem exposição na renda variável, mas o importante é que as altas superem isso. Sua carteira é um bom exemplo disso!

      Abraços!

      Excluir
  5. Boa evolução Patrimonial, no inicio o mais importante é ter um bom aporte, ate com uma rentabilidade ligeiramente negativa este mês seu patrimônio cresceu bem.

    Abraços e bons investimentos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu DIL!

      De fato, enquanto o bolo está pequeno os aportes são muito mais importantes que a rentabilidade em si!

      Abraços!

      Excluir
  6. Ministro, não suma! Suas postagens são muito boas.

    Parabéns pelo fechamento.


    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Enriquecendo!

      Pretendo postar mais!

      Abraços!

      Excluir
  7. Eu vi mesmo que você ficou em off esses dias Ministro. Seja bem vindo de volta hehe.

    Eita dilema hein. Realmente, de 1100 pra 800 é uma baita queda da renda passiva.

    Home office no seu cargo? Deve ser uma opção excelente não ter que tá batendo ponto todo dia! Poucos cargos públicos têm essa opção. Se for boa, aproveita!


    Um abraço e fica com Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E ai Diário!

      Pois é, é uma boa queda de renda passiva. Infelizmente os aluguéis deram uma caída, mas essa proposta de R$ 800,00 foi muito baixa. A imobiliária avaliou o preço de locação do imóvel em R$ 1.000,00 então não vou ceder tanto assim. Acredito que em breve deve alugar.

      Pois é, surgiu essa possibilidade de fazer home office. Não é nada definitivo, que eu vá trabalhar pra sempre em casa e ir ao escritório de vez em quando, por enquanto é algo mais pontual, mas pode ser que evolua depois. Além disso, tenho que testar minha adaptação a essa forma de trabalho antes de mergulhar de cabeça, mas acho que vai ser bom.

      Abraços!

      Excluir
  8. Fala ae Ministro! Tirou mês sabático é kkk

    Esse ano trabalhei por 20 dias em home office. É legal cara, gostei rs

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E ai Inglês!

      Bom ouvir a opinião de alguém que curtiu home office hehe espero que eu me adapte bem também.

      Abraços!

      Excluir
  9. Do imóvel acho que a decisão foi acertada...
    Tenho um apartamento que está fechado faz mais de ano. Não alugo por qualquer valor e pronto. Não estou com paciência para ficar lidando com inquilinos etc

    Eu trabalho alguns dias em home office também. É muito bom, mas é complicado ao mesmo tempo.
    Tem que ter muito foco e dedicação, pois o nível de distração é altíssimo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E ai IP!

      É isso ai, às vezes alugar nas pressas para um inquilino ruim e/ou por um valor ruim acaba saindo pior...

      Quanto ao home office, imagino mesmo que as possibilidades de distração sejam infinitas, até por que não tem aquele ambiente corporativo nos "pressionando", as chances de relaxar são maiores...vamos ver...

      Abraços!

      Excluir